Quantcast
  • TV Fronteira
  • Nova 99 FM
Ladrões furtam casa da prefeita de Euclides da Cunha Paulista e vão parar na cadeia Homens de 27 e 29 anos entraram na residência pelos fundos e pegaram duas latas de tintas, que também foram recuperadas pela Polícia Militar

08/01/2014 às 11:56

Ladrões furtam casa da prefeita de Euclides da Cunha Paulista e vão parar na cadeia

Homens de 27 e 29 anos entraram na residência pelos fundos e pegaram duas latas de tintas, que também foram recuperadas pela Polícia Militar

Do iFronteira

Dois homens foram detidos por furto à residência da prefeita de Euclides da Cunha Paulista, Camila Teodoro Nicácio de Lima (PR). Segundo a Polícia Militar, os acusados de cometer o crime possuem 27 e 29 anos de idade.

Ainda de acordo com a PM, os ladrões entraram pelos fundos e furtaram duas latas de tintas. Testemunhas acionaram o policiamento e os dois foram detidos já próximos a suas residências.

Na madrugada desta quarta-feira (8), os criminosos foram transferidos para a Cadeia de Presidente Venceslau.

Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 20h20 dessa terça-feira (7) e os bandidos foram presos às 21h30. As latas de tintas eram novas, estavam fechadas e encontravam-se na varanda da casa. Com 18 litros do produto, cada uma custa em torno de R$ 350. Recuperadas pela PM, as latas foram devolvidas à proprietária.

Os ladrões haviam escondido as latas de tintas no mato, mas, após a abordagem da PM, informaram onde estavam os produtos. Eles receberam voz de prisão em flagrante da PM, o que foi ratificado pela Polícia Civil.



De ifronteira.com - http://www.ifronteira.com/noticia-regiao-55107
Carregando...

Comente esta notícia »

Este é um espaço para você opinar e debater. Por isso, o iFronteira não publica comentários anônimos, com ofensa à moral ou honra de outrem, nem com palavras de baixo calão. Links externos serão automaticamente excluídos do conteúdo. Os comentários são limitados a 1024 caracteres. Ajude-nos a manter o nível de respeito ao próximo e denuncie o conteúdo que considerar abusivo.

1024 restantes

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
© 2014. Todos os direitos reservados.